Thursday, May 07, 2009


talvez porque sei em concreto o que quero
talvez porque na espera tenha tido tempo demais,
para pensar e sonhar como o quero
talvez porque me conheça por dentro e saiba que não me agacho e nem me contento
faço faço
e espero, espero
mas não deixo nunca de querer o que sei que quero
não consigo parar de sonhar
e sonhando vou aceitando o que a vida me dá passo a passo
e medindo...
pesando, sentido
mais!
sei: quero mais!
E depois a maturidade a roer-me os sapatos e a dizer: cuidado...
quem tudo quer tudo perde..
mas se não me serve!
não por inteiro
porquê ficar?
desistir de sonhar?!
não consigo ser pela metade
nem Dar sentido que não devo,
que não chego...
que não chega.
E esta voz insistente que não se cala
mais!
quero mais!
e os outros...
sempre os outros
a exigirem que seja diferente,
que seja como eles
que queira menos
e que faça mais.
mas como eles.
Difícil este ser-se grande tendo ainda sonhos de pequenino
Difícil este ser-se grande e aceitar que a vida não é tão cor de rosa como a pintam nos livros,
que nem tudo é simples,
que nada é certo, garantido.
Difícil este ser-se grande e perceber que ainda se quer mais...
e perceber que os sonhos por vezes, são o que nos empurra e nos faz andar...
É difícil.

4 Comments:

Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Sabes que ha uma frase que todos os dias por uma razao ou por outra me vem à cabeça:viver todos os dia cansa(P.Paixão)e este teu texto relembrou me a hj.
uma braço apertadinho

9:35 PM  
Anonymous Alfredo said...

ninguem disse
que iria ser fácil
sonhar faz bem
acredita

12:06 AM  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Ha tanta suavidade em nada dizer e tudo se entender.Fernando Pessoa

Sinto o em ti no teu blogge vai daí premiei te no Velas!

um bjo

8:43 PM  
Blogger Alien David Sousa said...

No matter what, nunca deixes de sonhar.
beijinhos

12:33 AM  

Post a Comment

<< Home